AVISOS
Meus queridos membros! É com um pesar do tamanho de uma cacholote, que tomo a decisão. Eu tenho pouco tempo.. Com "trabalho" e estudo, não da pra administrar sozinha o forum. Tenho apenas uma pessoa que se disponibiliza a ser GM.. e sabemos bem que uma pessoa só não é suficiente neh... Então, infelizmente, vou ter que fechar o forum pra reforma. E sim, adoraria a ajuda de quem puder. Acho que o povo sabe meu msn (darklittlelady@hotmail.com). Mas como provavelmente o msn vai se aposentar. Skype: Ivy-sama Facebook: https://www.facebook.com/ivone.alvarez.33 Quero lembrar a todos, que o forum não está abandonado. Em minha ausencia, já construi algumas boas coisas no meu caderninho.
Mas ainda falta um bocado para que fique realmente bom.

Peço desculpas por isto. Travar o forum era a última coisa que eu queria, mas infelizmente não tenho pessoal suficiente pra mantê-lo enquanto trabalho. E se eu ficar sobrecaregada, alguma coisa não irá funcionar.

Quem tiver interesse em me ajudar, entre em contato!
Eu to sem no momento, mas logo logo conserto ele. To só esperando as peças.

Obrigada pela compreensão.

Att,
ADM!
Estação do Tempo



Previsão do Tempo



Últimos assuntos
» TODOS - Discussão
Seg Jun 08, 2015 6:03 pm por saphyra odin

» O que vemos não é o que parece.
Dom Nov 24, 2013 10:53 am por Admin

» Kirachy {Ficha}
Ter Nov 12, 2013 10:54 pm por Kirachy

» Dinheiro
Qua Jul 17, 2013 9:27 pm por Admin

» Evolução de Classes
Qua Jul 17, 2013 9:22 pm por Admin

» Explicação Básica do Jogo
Qua Jul 17, 2013 8:11 pm por Admin

» Procurados
Qua Jul 17, 2013 3:49 pm por Admin

» Recuperando HP e SP
Qua Jul 17, 2013 12:21 am por Admin

» Sistema de Carga
Qua Jul 17, 2013 12:17 am por Admin

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 18 em Ter Jun 18, 2013 4:28 pm
Estatísticas
Temos 165 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de alexandre

Os nossos membros postaram um total de 2202 mensagens em 433 assuntos
Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Calendário Calendário


Mercadores de Avinghampton

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Admin em Qua Abr 06, 2011 1:28 pm

Relembrando a primeira mensagem :



Mercadores de Avinghampton




Com a vila sobrevive do comércio externo, aqui se localiza a parte mais "importante" do lugar.

Este é um beco "único" na vila, aqui, alguns mercadores se reúnem e trocam mercadorias. É aqui também, que a população vem para comprar produtos diferenciados; tais como armaduras e armamentos.

O beco é grande o suficiente para caberem mais de 15 barracas, de variados tamanhos e com os mais diversos produtos.




For we kill with the skill to survive
It's the eye of the tiger, it's the thrill of the fight
avatar
Admin

Masculino Peixes Mensagens : 667
Data de inscrição : 16/03/2010
Idade : 31
Localização : Nifflihein

Ficha do personagem
Exp:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
HP:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
SP:
99999999/99999999  (99999999/99999999)

http://ageoflegends.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Sex Set 07, 2012 12:48 pm

Lena olhava para toda sala a procura de algo enquanto Lucas a respondia, ela via um cofre trancado e preso por algumas correntes, levantava-se da cadeira para pegar a foto de um homem deveria ser uma pessoa muito importante ele tinha em sua farda algumas medalhas mostrava a foto para o Lucas.
_ Lucas cadê este senhor... Apontava para a foto.
A jovem observava o mapa por curiosidade, pois não sabia nada de navegação, mas o que viu não a agradou em nada, deu para a mesma ver o caminho infernal, mas parece que teriam que passar por Widescott antes de chegar ao canal, foi só ver a palavra escrita que a garota ficou pálida dando alguns passos para traz.
_ não pode ser não posso passar por lá mal consegui fugir...
A jovem andava de um lado para outro sem saber o que fazer aquilo já era demais, após alguns minutos assim impaciente ela voltava a sentar na cadeira a essa altura o que estivesse dentro do cofre não a importava e sim sua prioridade era mesmo de sair dali ou arrumar uma maneira de ficar entre a tripulação.
_ Não posso ser pega...
Ficava ali parada pensando no que iria fazer se ajudaria a embarcação que estava sendo tomada pelos ladrões do mar para poder voltar ao porto ou simplesmente seguir viagem com os bandidos perigando ser pega em Widescott
avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Tevesh em Sex Set 07, 2012 6:15 pm

Era realmente um decisão difícil para Lena, ficar com os ladrões-do-mar ou tentar voltar para Widescott onde era procurada por assassinato. Nenhuma decisão parecia ser tão boa, mas talvez ela não precisasse decidir, afinal, não era certo se o barco realmente pararia na cidade.

- Bem, agente esperava que o capitão estivesse no barco mas acabou que ele não estava em lugar algum quando o rouba-mos, não precisa se preocupar com ele, já devemos estar muito longe dele.

Então Lena continuou a observar os mapas até que batidas na porta foram ouvidas, no começo as batidas não mexiam muito a cadeira mas não demorou até que a cadeira não conseguisse mais suportar os golpes e a porta abriu. Dela surgiu um homem gordo.

- Pelo menos vocês estão bem. - disse o capitão dos ladrões-do-mar. - Boas noticias Lucas, conseguimos. Os barcos são nossos agora. - disse dando risadas e abraçando a criança. - E você - disse a Lena. - Temos que conversar... sozinhos.

Obediente Lucas se retirou da sala, ficaram lá só o capitão e mais dois piratas. - Não me leve a mal - começou o capitão. - Mas mulheres não são aceitas a bordo. Você tem uma hora para descobrir como vai sair daqui ou vai ser jogada ao mar. - disse, dando as costas e saindo pela porta, um dos piratas o acompanhou, o outro tomou conta do mastro da embarcação.

- Não quer namorar um pouquinho antes do pulo? - perguntou o ladrão com um sorriso.

avatar
Tevesh

Masculino Libra Mensagens : 181
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 22

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
35/35  (35/35)
SP:
28/32  (28/32)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Razor Wind em Sex Set 07, 2012 6:24 pm

Eis que a chegada de Ultus Veigh no local não trazia quaisquer resquícios de boa fortúnia. O jovem de madeixas negras e olhos serenos acabava de pousar seus pés na Vila de Avinghampton e o caos já estava instalado, talvez fosse uma merda coincidência, quiçá sua aura estava destinada a se entrelaçar com esta paisagem caótica e conturbada.


- Hm...

" Humanos...Não conseguem se satisfazer com a própria inferioridade, eles precisam do caos. Suas almas rogam pela falta de obediência, pelo conceito mais puro de anarquia, onde a liberdade se faz de acordo com sua própria vontade. Ainda não perceberam que este ego não vai se fartar jamais. Só existe um meio de alcançar a verdadeira paz e liberdade, a morte. Por isso se matam com frequência, por isso buscam incansavelmente um meio de colocar suas próprias vidas em risco. Apenas uma maneira inútil de tentar alcançar mesmo que um pequeno fragmento da verdade. Tolos... "


Ultus caminhava de maneira calma por entre as barracas, buscava evitar o contato com a maior parte das pessoas, mesmo porquê muitas delas sequer lhe notavam, corriam e tentavam salvar parte de sua mercadoria das chamas, era o mínimo que podiam fazer.


" Tão...egoistas. Vejo pessoas sendo empurradas e pisadas como se não fossem nada além de objetos no caminho, enquanto esses vermes tentam salvar dinheiro. Que seja...eu não creio que a justiça divina se aplique à uma massa tão idiota. São apenas cegos que se acostumaram a seguir suas vidas medíocres dessa forma. Como cavalos guiados.. "


O jovem sequer dava importância para o que acontecia em sua volta. Seus olhos fitavam tudo de uma maneira mais ampla, como se buscasse por algo que o dinheiro não seria capaz de comprar. Estava em busca de um alguém, uma pessoa que como ele, fosse capaz de enxergar além dos objetos em sua fronte e pudesse, mesmo que por um instante ver o ser humano como realmente era. Mas obviamente isso não era tudo. Também estava em busca da classe mais baixa de mercenários, os obsecados pelo dinheiro e comandados pelo medo. Qualquer um dos dois seria de grande ajuda. Afinal, o que se buscava não estava à venda.
avatar
Razor Wind

Masculino Escorpião Mensagens : 37
Data de inscrição : 31/05/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Exp:
20/100  (20/100)
HP:
25/25  (25/25)
SP:
14/14  (14/14)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Sex Set 07, 2012 9:33 pm

Lena via-se em um dilema seus pensamentos eram interrompidos com a resposta de Lucas.
- Bem, agente esperava que o capitão estivesse no barco mas acabou que ele não estava em lugar algum quando o rouba-mos, não precisa se preocupar com ele, já devemos estar muito longe dele.
Dando mais atenção aos mapas, a jovem ouviu as batidas na porta quando se preparava para um combate via um homem gordo passar pela porta arrombada falava com o lucas logo falava com a jovem.
- Temos que conversar... sozinhos.
Lena só acenava com a cabeça.
- Não me leve a mal - começou o capitão. - Mas mulheres não são aceitas a bordo. Você tem uma hora para descobrir como vai sair daqui ou vai ser jogada ao mar
Ela pensou em pular encima daquele homem asqueroso e cortar sua garganta, mas se controlou antes mesmo de falar alguma coisa o infeliz a deixava ali sozinha com um de seus bandidos.
- Não quer namorar um pouquinho antes do pulo?
Lena não dava nenhuma resposta à altura para o engraçadinho, virava-se para onde estavam os mapas dando uma olhada no trajeto que iriam fazer nessa viagem para logo passar ao lado do engraçadinho sua atenção era para o gordo chamando a atenção do mesmo, tirava o pano que cobria seu rosto fora não precisava mais se esconder.
_como assim vou ter que sair, eu não pedi para estar aqui, vocês vão parar em alguma cidade se for o caso poderia me deixar lá ou você tem que me dar um daqueles barquinhos pequenos e alguém para me levar de volta para o porto...
A jovem parava na frente do gordo.
_ Eu pago para o senhor...
A jovem o encarava com um pouco de raiva por estar naquela situação.
_ Juro que vou destruir esta embarcação Ladrão do mar, vai ter um prejuízo maior ainda caso eu tenha que pular no mar...
avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Tevesh em Sex Set 07, 2012 10:45 pm

@Razor Wind

Em sua busca Razor acabou passando por uma loja de poções, havia uma mulher na frente da loja que lhe olhava fixamente enquanto andava, ela usava óculos redondos e profundos e tinha um cabelo marrom do tipo miojo, entre seus pés perambulava um gato preto, que logo fugiu para dentro da loja quando o homem retribuiu o olhar.

@Saphyra

- Não é nada pessoal, são só as regras por aqui, de qualquer maneira vamos ficar com seu dinheiro também. - disse o capitão antes de ir embora. Com certeza haviam muitas coisas mais importantes para se fazer do que cuidar de Lena agora que ele comandava quatro navios.

Se passaram alguns segundos e uma música começou a ser ouvida, Lena não sentiu efeito algum mas o homem que cuidava do mastro não teve a mesma sorte, hipnotizado pela música ele foi em direção a borda do navio, avistando a mais linda das mulheres se jogou ao mar nos braços da sereia. Lena que agora estava do lado de fora da cabine conseguiu ver a mesma coisa se repetir, porém não acontecia com todos os marinheiros, alguns tampavam seus ouvidos e outros evitavam de olhar, na frente de Lena um ladrão do mar correu para saltar da borda do navio, talvez ela conseguisse salva-lo.

avatar
Tevesh

Masculino Libra Mensagens : 181
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 22

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
35/35  (35/35)
SP:
28/32  (28/32)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Razor Wind em Sab Set 08, 2012 1:38 pm

@ O nome do meu personagem é Ultus Veigh e não Razor '-'



Aparentemente a busca de Ultus seguia-se sem qualquer resultado. Todos pareciam iguais, um cardume de peixes assustados por um predador maior. Corriam desesperadamente sem sequer saber para onde iriam. Enquanto o fogo alastrava-se pelo porto e o caos mantinha-se soberano, Ultus olhava cada indivíduo, buscando um elemento incomum nas almas que lhe passavam. Eis que algo lhe chamou a atenção, sentia como se alguém o estivesse observando, como se sua presença não estivesse oculta. Era uma mulher, seus óculos redondos e profundos deixavam seus olhos maiores do que talvez fossem, criando um vínculo de olhar e espírito inigualáveis, então no fatídico instante em que o rapaz voltava-lhe os olhos, um gato preto que anteriormente a rodeava, correu para dentro da loja.

"Então o que dizem sobre os animais é verdade...parece que ele sentiu meu espírito sem eu sequer ter mostrado qualquer diferença em meu comportamento. Essa mulher não é uma pessoa qualquer, por ter uma loja de poções ela precisa ter no mínimo uma noção de alquimia avançada, mas para aquele animal me notar desse jeito, tenho certeza que ela conhece muito mais do que apenas alquimia...Talvez ela tenha a resposta para o que eu preciso.

Ultus caminhava de maneira sublime até a mulher, sua expressão trazia muito mais do que um belo rosto envolvente. Então ele sorria levemente, como se pudesse ver através da carne e dos ossos. Ao mesmo tempo em que o sorriso transmitia uma maldade inigualável, também era envolvente e aconchegante, tornando a tarefa de decrifrar o jovem quase que impossível. Nenhuma palavra era dita por Ultus, ele apenas aguardava que a mulher lhe convidasse para adentrar no recinto.
avatar
Razor Wind

Masculino Escorpião Mensagens : 37
Data de inscrição : 31/05/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Exp:
20/100  (20/100)
HP:
25/25  (25/25)
SP:
14/14  (14/14)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Sab Set 08, 2012 6:14 pm

_ Nada pessoal ele disse...
_ Você só pode esta brincando...
Lena era mais uma vez ignorada pelo Ladrão, quando pensou em segui-lo escutava uma bela melodia reparou que do nada um dos ladrões do mar havia se jogado da embarcação, a jovem procurava saber de onde vinha àquela canção para sua surpresa pertencia a uma bela mulher que estava no mar.
_ Não acredito será uma sereia nunca vi uma antes na minha vida só em historias que minha mãe me contava...
Olhando para o lada via alguns dos bandidos com olhos fechados outros protegendo os ouvidos, quando virou para olhar novamente para sua frente a mesma via em meio a confusão que ali havia se criado um dos ladrões correndo em direção a mulher para saltar no mar, num movimento rápido ela agarra o infeliz empurrando o mesmo para cima de um dos ladrões que estava com as mãos no ouvido queria ver se o tal efeito do que parecia ser uma hipnose passasse se desse algum encontrão na pessoa afetada. Lena gritava para o infeliz segurar aquele fraco.
Olhando rapidamente para ver a onde se encontravam as outras embarcações logo puxava qualquer um dos ladrões do mar para pegar algum fósforo para poder acender um dos canhões que estivessem ali por perto direcionaria qualquer um canhão que achasse para atingir ou apenas assustar as sereias.
_ NÃO FIQUEM AI PARADOS AQUELES COM CORAGEM O SUFICIENTE COMEÇEM A ATACAR COM OS CANHÕES JÁ OS FRACOS SE ESCONDAM...
Gritava para aqueles ladrões com autoridade e voz firme, afinal alguém tinha que fazer algo.
avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Tevesh em Sab Set 08, 2012 9:33 pm

@Saphyra

As sereias eram de beleza inigualável, elas tinham belos cabelos que não pareciam ser afetados pela água e não usavam nenhuma peça de roupa, estando completamente nuas, diferenciando-se de uma mulher apenas pela calda, que muitas vezes não era vista por estar dentro d'água. A maioria dos tripulantes já tinha ouvido falar delas e já tomavam precauções para não cair em seus feitiços, muitos evitavam de olha-las, mas outros mordidos pela curiosidade iam dar só uma espiadinha e acabavam por cair dos braços das sereias que os levavam para as profundezas onde poderiam morrer felizes.

Lena gritava com os ladrões do mar tentando salva-los, porém seus gritos não eram ouvidos através da musica das sereias, ela também não parecia encontrar nenhum deles que estivesse em seu estado normal, muitos deles lutando contra seus desejos, ela não demorou para achar um fosforo e mirar um dos canhões ao mar tentando acertar uma das sereias. Mesmo errando seu trabalho tinha dado algum resultado, aquele lado do barco tinha sido abandonado pelas sereias.

Depois que cada uma das sereias tinha atraído um homem elas deixaram os navios em paz, era a hora de contar as perdas. Em cada barco haviam 20 homens, no que Lena estava as sereias roubaram apenas 4, já nos outros a historia era outra.

Testes

O primeiro barco perdeu: 5 + 1D20 = 5 +15= 20 homens
O terceiro barco perdeu: 5 + 1D20 = 5+15 = 20 homens
O quarto barco perdeu: 5 + 1D20 = 5 + 8 = 13 homens

A tripulação que antes era de 80 pessoas passou a ser 23, agora restava ao capitão decidir o que iria acontecer, isso claro, se o capitão estivesse vivo ainda.

Testes

1D20, caso der 1,2,3 ou 4 o capitão está morto.
O resultado foi 3, o capitão está morto.

Da zona que se iniciou após o incidente um dos ladrões-do-mar surgiu para tomar conta do caos, era Zeus, o mesmo pirata da loja de armas. Ele dava ordens aos outros homens e por ser o mais experiente tomara o posto do antigo capitão.

Logo Lena foi surpresa pela presença do corcunda. - Você foi salva dessa vez. - disse. - O novo capitão quer você viva, ele mandou agente ajudar a trazer as coisas dos outros barcos para esse aqui. Vamos você não quer desobedecer ele. - Se Lena fosse lhe ajuda-lo descobriria que havia trabalha-lo suficiente para algumas horas.

@Razor

Enquanto andava em direção a loja de poções o garoto sentiu sua mente ser tocada, é claro, não devia ser nada demais. Ao chegar perto da mulher ela disse: - Gostaria de entrar? Comprar algumas poções, quem sabe um chazinho para esse ferimento no braço? - Só agora que percebera, mas ele estava sangrando, tinha um machucado de corte de espada no braço, conseguido na ultima luta que estivera.

Se escolhe-se entrar na loja perceberia que era bem bagunçada, de um jeito ruim. Era um loja suja com muitas coisas aparentemente inúteis e velhas, a unica coisa que salvava o lugar eram os sacos de mercadorias, eram plantas na sua maioria, seu cheiro dava um encanto magico aquele lugar. Lá dentro não encontraria mais o gato.

avatar
Tevesh

Masculino Libra Mensagens : 181
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 22

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
35/35  (35/35)
SP:
28/32  (28/32)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Dom Set 09, 2012 3:27 pm

Lena chamava os bandidos, mas o som daquela bela melodia a atrapalhava e também parecia não adiantar em nada, pois parecia que a maioria dos que estavam ali presentes não estava em seu estado normal, por fim. A jovem conseguiu em parte espantar as sereias de um lado da embarcação, olhava no mar e via a maioria se retirando para o fundo do mar acompanhada de um infeliz (ou feliz)bandido.
Com o caos criado na embarcação Lena via o “vendedor da loja de armas” dando ordens aos outros que ali estavam Lena era pega de surpresa pelo Stev .
Você foi salva dessa vez. - disse. - O novo capitão quer você viva, ele mandou agente ajudar a trazer as coisas dos outros barcos para esse aqui. Vamos você não quer desobedecer ele.
Lena já começava a ficar estressada com tudo aquilo que estava acontecendo.
_Sabe de uma coisa Stev já cansei não fugi para ficar aqui sendo controlada ou mandada por outro homem, Stev faça uma coisa para min, ache aquela criança chamada Lucas e traga ele aqui, enquanto isso vou lá conversa com o novo capitão...
Saia em direção do falso vendedor o encontraria em qualquer canto ou não para falar algo ao mesmo.
_ Ei já tenho como ir embora vou ficar com uma das embarcações...
Apontava para onde se encontravam os navios parados.
_E me arrume alguns de seus companheiros para guiarem a embarcação para min, eu quero a criança e o Stev e mais outro alguém...
Dava uma pausa no que falava olhava para o capitão iria desafia-lo ali para um duelo na frente de seus subordinados.
_Caso contrario eu o desafio a um duelo de espadas honrado aqui pela liderança caso eu ganhe sou a nova capitã dessa tripulação e como sou muito generosa deixarei você vivo e de presente com um desses navios que sobraram a minha escolha, ou você ta com medo de lutar contra uma mulher...
Sem muita demora a jovem já empunhava sua espada tirando seu manto com capuz iria lutar a serio ali com ele, já o observando.

Usar Vantagem:
Adaptador
Você tem facilidade para se adaptar ao estilo de luta do seu oponente. Não precisa de muito tempo para estudar os movimentos do mesmo, logo já é capaz de prever os movimentos do inimigo, ao chegar ao quinto turno de uma luta, você adquire +2 em suas defesas (esquivas e bloqueios) e +2 em seus ataques (corpo-a-corpo ou a distância). Esse efeito some depois da luta e é anulado caso algum você se engaje (comece a atacar ou tenha que se defender de um ataque) com outro inimigo entre na batalha, precisando novamente de outros 5 turnos focados em um duelo para ativa-la.
avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Razor Wind em Seg Set 10, 2012 5:21 pm

De fato aquela situação estava um tanto quanto fora do comum, ao menos para os ordinários que insistiam em levar suas vidas aos parâmetros exigidos pela sociedade. Aqueles que tinham uma mente diferenciada, poderiam notar que em meio ao caos, duas pessoas cruzavam suas almas, mesmo que por uma fração de segundos.

- Gostaria de entrar? Comprar algumas poções, quem sabe um chazinho para esse ferimento no braço?

Deveras o ferimento sequer preocupava Ultus, era como se aquilo não lhe fosse nada além de uma situação corriqueira. Por um instante ele olhou para o braço onde o corte havia sido feito e pôde notar o sangue escorrendo lentamente por este. Naquele instante lembrou da mãe do jovem. o qual o corpo lhe fora tomado. Então novamente sorriu para a mulher, proferindo as seguintes palavras.

- Ora ora, parece que fui um pouco descuidado, não?! Acredito que um chá me faria bem ^^

Era incrível como alguém que poderia matar a sangue frio, pudesse se tornar tão carismático e envolvente como o jovem. De fato seus olhos azulados traziam um brilho diferenciado, algo que tranquilizava. Sem dizer absolutamente mais nada, a conversa findava-se. Logo, o rapaz de cabelos negros adentrava na loja de poções. A aparência do interior do local não era das mais convidativas, tudo tinha a aparência de sujo e velho, mas aquilo de fato não tinha a menor importância para Ultus Veigh. Contudo, a fragrância exalada das plantas que ali assiduavam-se, transformava o ar em algo harmonioso e mágico. Ultus olhou para um lado e para o outro como se apenas estivesse analisando a loja, todavia seus olhos notavam a ausência do felino que outrora escapara loja adentro. Porém seus olhos eram capazes de manipular muito bem a situação, não deixando claro que havia notado. Talvez Ultus quisesse ver o que aquela mulher tinha a dizer para ele, talvez ela já soubesse algumas palavras ou quem sabe questionaria a presença do jovem. De qualquer forma o rapaz calmamente puxava uma cadeira suja de pó, esquecida com o tempo e sentava-se nela.
avatar
Razor Wind

Masculino Escorpião Mensagens : 37
Data de inscrição : 31/05/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Exp:
20/100  (20/100)
HP:
25/25  (25/25)
SP:
14/14  (14/14)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Tevesh em Seg Set 10, 2012 5:26 pm

O TESTE DAS FACAS LONGAS


Stev saiu procurar Lucas e assim que voltou viu que Lena propondo o desafio, e em resposta dois homens trataram de desarma-la e de rende-la. Tanto sua espada como sua faca tinham sido confiscadas agora. Ela estava de joelhos no chão, com um homem a segurando por trás, pelos braços.

- Eu aceito seu desafio. - disse Zeus, para surpresa de todos. Como novo capitão ele tinha que se mostrar capaz e qualificado, e não havia nada melhor que um desafio para fazer isso. - Porém eu também quero algumas coisas caso você perca. Ficaremos com todo seu dinheiro e você trabalhara para mim, como um marujo, você vai cozinhar e aprender a navegar como todos os outros. Caso eu perca, - nesse momento alguns marinheiros deram risadas - você pode ficar com um dos barcos e mais 3 marujos. Mas o teste não vai ser com espadas, vai ser o teste das facas longas, acho que você está familiarizada com ele não? - perguntou Zeus.

O teste das facas longas é uma tradição bem cruel que algumas tribos e grupos realizam quando um de seus lideres é desafiado, normalmente cada participante tem que fazer diversos cortes em si mesmo usando facas longas, no final, quem aguentar mais cortes é o vencedor, também há muitos variações desse teste, variando de tribo em tribo. Normalmente é o desafiante que começa o teste.

- Você aceita o desafio? - perguntou Zeus, nesse momento um dos marujos lhe devolveu a faca que tinha pego de Lena.

Caso aceitasse Zeus pegaria um punhado de ervas de um de seus bolsos e colocaria na boca. [Recuperando 1 de HP/turno]

Lena
HP:46/55

Zeus
HP: 37/45

@Razor

- Então, vai me contar como você conseguiu esse machucado? - perguntou a mulher, enquanto arrumava tudo. Ela tinha separado uma bacia com água quente, alguns panos brancos e alguma variedade de ervas. Com tudo pronto agora ela molhava um dos panos brancos naquele chá de ervas e passava no braço do garoto, ação que ela fazia repetitivamente.

Enquanto isso um garotinho entrou correndo pela entrada da loja, ele estava tudo sujo, havia preocupação em seus olhos. - Mãe Selena, um dos meninos ficou preso nos escombros do caís! Vem, rápido!
avatar
Tevesh

Masculino Libra Mensagens : 181
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 22

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
35/35  (35/35)
SP:
28/32  (28/32)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Razor Wind em Seg Set 10, 2012 7:55 pm

Após sentar-se na cadeira, não tardou para que a mulher iniciasse os preparativos.

- Então, vai me contar como você conseguiu esse machucado?

A pergunta da mulher não perturbava o jovem de maneira alguma, afinal aquele que estava ali não era o garoto assustado que vira sua mãe morrer, tratava-se de um outrem que viera à este plano em prol da justiça. Seu objetivo era trazer a paz para os humanos e para Gaia, isso só poderia ser feito através de alguns sacrifícios, mas todo sacrifício também possui uma recompensa e eis que os desejos eram realizados.

- Tem certeza de que quer mais uma estória triste em sua vida? Esse mundo está infestado de sangue e morte, veja ao seu redor, veja como essas pessoas entram em caos e matam umas às outras por algumas peças de prata. Esse garoto fez o sacrifício dele e será recompensado.

Os olhos de Ultus já não eram tão cativantes quanto antes, expressavam um senso de justiça e carnificina sem igual, mas ainda assim eram envolventes. Afinal todo ser humano teme ou deseja o poder. É como ver ua tempestade de raios, uns se afugentam enquanto outros se exaltam e correm o mais rápido que podem para o olho da tempestade. Assim eram os olhos de Ultus Veigh, um azul inexplicavelmente belo. Como se a energia da própria Terra fluísse dentro de seu ser e como a natureza, pode ser belae destrutiva.
Em devido instante um garoto entrava correndo no local, sua respiração ofegante e seus olhos trêmulos indicavam preocupação.

- Mãe Selena, um dos meninos ficou preso nos escombros do caís! Vem, rápido!

Ultus observava o garoto por um instante, como se estivesse lendo cada partícula de sua alma. Então calmamente levantava-se da cadeira onde anteriormente repousava e ajoelha-se na frente do pequeno.

- Me diga, garoto...é seu desejo que seu amigo seja salvo?

O Ladino olhava nos olhos do jovem sem piscar ou sequer desviar o rosto, durante as falas estabelecera um contato direto, assim como anteriormente fizera com a mulher que estivera lhe ajudando. Agora seus olhos estavam fixados, penetrantes, mas com a calmaria de uma brisa leve de verão.
avatar
Razor Wind

Masculino Escorpião Mensagens : 37
Data de inscrição : 31/05/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Exp:
20/100  (20/100)
HP:
25/25  (25/25)
SP:
14/14  (14/14)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Seg Set 10, 2012 9:49 pm

Lena havia desafiado o “vendedor” dois de seus capangas já estavam encima dela a desarmando, via-se de joelhos no chão segurado por um daqueles ladrões do mar, por muito que adiantaria alguma coisa tudo isso ela era acostumada a bater em brutamontes muito mais fortes que aquele infeliz. Ficava com a cabeça baixa quando ouviu o capitão.
- Eu aceito seu desafio. - Porém eu também quero algumas coisas caso você perca. Ficaremos com todo seu dinheiro e você trabalhara para mim, como um marujo, você vai cozinhar e aprender a navegar como todos os outros. Caso eu perca, - você pode ficar com um dos barcos e mais 3 marujos. Mas o teste não vai ser com espadas, vai ser o teste das facas longas, acho que você está familiarizada com ele não?
Lena o encarava seus olhos prateados brilhavam de raiva do “vendedor”, quando ouvia algumas risadas vindas dos seus subordinados.
_Em pensar que estes bandos de frouxos estavam morrendo nos braços daquelas sereias...
Dava uma pausa em seus pensamentos olhava para o céu voltava o olhar para o capitão olhava todos ali a sua volta teria que engolir seu orgulho hoje, olhava para o chão a jovem sabia que ele não se arriscaria tanto provavelmente iria roubar nesse duelo então ela não teria chance alguma, o encarava sem raiva teria que ficar calma.
_ Que pena senhor vendedor não sei cozinhar, e quanto a adaga não sei usa-la com eficiência e o desafio que lhe propus foi um duelo de espadas e você pelo que ouvi aceito e também já fez suas exigências caso ganhe, não sei como é esse negocio de ficar se cortando sabe isso não é minha intenção sair daqui toda cortada...
A jovem via um dos marujos lhe entregando a maldita adaga.
_ Não acredito de novo essa adaga, por Nysit hoje não foi o meu dia mesmo...
Você aceita o desafio?
_ Não vou ficar me cortando como já havia te falado antes e pelo que vi você não quer lutar comigo me subestima por ser mulher e ainda fica zombando de min com esse tipo de brincadeira de se cortar se for assim eu não aceito...
Lena o encarava novamente.
avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Tevesh em Seg Set 10, 2012 10:23 pm

@Saphyra

Ela mal pode terminar suas palavras e uma mão veio em sua direção, era o capitão, esbofetando-a. Ele tinha muitas coisas para fazer e para decidir e não seria uma mulherzinha que o atrasaria. - E é por isso que não temos mulheres a bordo. - disse dando as costas, se ela tentasse revidar de qualquer maneira os outros ladrões a impediriam, - Acorrentem-na, depois eu decido o que fazer com ela.

Os ladrões fizeram como seu capitão mandou, sua honra estava intacta afinal, ele tinha elevado o desafio ao mais elevado patamar, um desafio que pouquíssimos homens tinham coragem de convocar. Logo Lena foi levada até a parte de baixo do navio e lá colocaram-na uma corrente que prendia seus braços, ela era pesada e feita de metal e impedia qualquer tipo de movimento complexo com o braço, depois seu pé foi amarrado a uma corrente que ligava a parede e lá foi abandonada. Lá haviam outros dois prisioneiros, sendo um deles o homem que Lena vira no retrato, quando estava na sala de comando, ele trajava o mesmo uniforme do que antes, apenas sem seu chapéu e com algumas medalhas a mais, na outra parede havia uma mulher, era provavelmente a cozinheira.

Depois que foram deixados sozinhos o ex-capitão disse: - Foram sereias não foram? Ah, como eu queria que estivessem todos mortos. Esses homens não merecem pisar nesse barco.

Do lado de fora o capitão tinha decidido abandonar dois navios, que eram os originais da tripulação atual. Embora fossem mais apegados a aqueles, esses eram maiores e ofereciam melhores condições de navegação, além de estarem abarrotados de produtos, o que evitava todo aquele trabalho de passar mercadorias de um lado para o outro e ainda não havia a chance de ninguém cair no mar nessa brincadeira. Não demorou muito e os outros dois barcos foram deixados para trás, não havia mais tripulação para eles. Agora não demoraria muito para que chegassem em Widescott.

@Razor

- Mas é claro. - respondeu o garotinho. Selena pegou sua bolsa em cima do balcão e tratou de seguir o moleque. Ele os levariam até o caís. Lá poderiam ver um casa, provavelmente de um pescador, totalmente em estilhaços.

avatar
Tevesh

Masculino Libra Mensagens : 181
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 22

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
35/35  (35/35)
SP:
28/32  (28/32)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Ter Set 11, 2012 12:11 pm

Lena não chegou a terminar de falar já estava levando um tapa na cara, nela ficava nítida o desenho de uma mão em seu rosto por que sua pele era clara.
- E é por isso que não temos mulheres a bordo
A jovem pensou em pular com a adaga encima do capitão, mas se o fizesse o seu castigo talvez fosse maior, com certeza ela iria devolver aquele tapa por mais que seu rosto estivesse doendo a maior dor que ela sentia naquela hora era a dor da humilhação e com certeza ele iria pagar bem caro por isso, levada para a parte de baixo da embarcação e acorrentada igual a um animal.
Na parte de baixo a jovem via o homem do retrato e uma mulher ambos também estavam presos ali.
Quando Lena estava acorrentada ouviu o ex- capitão lhe fazendo uma pergunta:
- Foram sereias não foram? Ah, como eu queria que estivessem todos mortos. Esses homens não merecem pisar nesse barco.
Lena não dava bola apenas observava toda a sala para encontrar algo que pudesse usar para se libertar, perguntava para o antigo dono do barco.
_Vocês estão bem... O que tem nessas embarcações de valor para esses ladrões...
A jovem forçava as corentes de seus braços para sair.
_ Se eu não morrer aqui com toda certeza vou morrer naquela vila se eles forem mesmo dar uma parada por lá...
A mesma via que não estava nada bom para ela a jovem ficava ali olhando para o vazio pensando em como iria fugir desse navio.

avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Razor Wind em Ter Set 11, 2012 4:17 pm

Ao ouvir a resposta do jovem, Ultus Veight não dizia mais nada, apenas erguia-se e postava-se a andar, seguindo os passos do garoto de da mulher. Após poucos minutos chegavam em determinado ponto do cais, onde certamente a turbulência ainda permanecia. Era possível notar a casa do que seria um pescador, totalmente em pedaços. Certamente isso fora obra de algum explosivo ou uma bala de canhão. Logo, Ultus retirava das laterais da calça, envoltas em pano, duas adagas: uma faca e uma kris. Talvez não fossem as melhores armas, mas certamente eram muito afiadas e por esse motivo estavam enroladas no pano, para que o próprio jovem não se ferisse durante seu caminhar. Rapidamente ele investia na direção da residência, seu intuito era cortar os pedaços de madeira para abrir espaço e resgatar o garoto que estava soterrado.
avatar
Razor Wind

Masculino Escorpião Mensagens : 37
Data de inscrição : 31/05/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Exp:
20/100  (20/100)
HP:
25/25  (25/25)
SP:
14/14  (14/14)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Tevesh em Dom Set 23, 2012 10:56 pm

@Saphyra
- Me leva a pensar eles estavam atrás do barco mesmo. - disse o capitão. - O barco não estava carregando muito dinheiro, e também não tinha nada de muito valioso. O que me faz pensar que eles estão atrás desse barco. Ele é o mais veloz da frota, só se iguala ao irmão, ou melhor a irmã, Mariana. Provavelmente estão atrás de nós, isso eu espero. - disse o capitão, com falsas esperanças, pois Mariana também fora roubado pelos ladrões do mar. - Mas me diga, por que tem tanto medo de parar em Widescott, negócios mal resolvidos? Vamos, não vai lhe custar nada contar para um velho como eu. Somos iguais agora. - disse, mostrando os pulsos amarrados.

Por ser muito úmido, sujo e outras diversas péssimas condições de habitação você vai perder 1 HP.
Lena
HP:45/55

@Razor
Ao se aproximar da casa, Ultus Veigh pode a observar melhor, era uma casa simples, verde clara do lado de fora e da cor da madeira pelo de dentro, ela já não tinha mais telhado, pois as telhas estavam espalhadas por todo o chão. A parede norte tinha desabado, e junto com ela um pesadíssimo suporte do teto que era feito de madeira, o único suporte naquela pequena residencia. Havia uma pilha de entulhos, era pedras, telhas e pedaços de madeira, debaixo delas havia um menino. Não havia muito tempo para salva-lo, se demorasse muito talvez ele ficasse sem ar ou não suportasse o peso dos entulhos.

Testes
Vou propor 2 testes para o salvamento do menino e você poderá escolher qual fará. O menino tem 3 turnos de vida e cada um vai ser representado por um dado.
O primeiro teste é acumulativo, são 3D20 tendo que somar 32 ou mais.
O outro teste são 3D100, sendo que um deles tem que ser maior ou igual a 80.

Nesses casos você pode pedir ajuda, cada pessoa pode ajudar ou atrapalhar, isso depende se quão preparada ela está para a situação. Cada pessoa tenta ajudar com 1D4, também se joga 1D10 e se o resultado for menor ou igual a 5 a pessoa está atrapalhando e dificultara o resgate, se o resultado for maior 5 ela ajudara.
avatar
Tevesh

Masculino Libra Mensagens : 181
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 22

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
35/35  (35/35)
SP:
28/32  (28/32)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Ter Set 25, 2012 1:10 am

Lena não tinha muito que fazer afinal estava presa em um lugar muito úmido e de péssimas condições, prestava atenção no que o antigo capitão falava.
- Me leva a pensar eles estavam atrás do barco mesmo. - Mas me diga, por que tem tanto medo de parar em Widescott, negócios mal resolvidos? Vamos, não vai lhe custar nada contar para um velho como eu. Somos iguais agora.
- De fato isso que o senhor me falou é verdade descobri isso com um garoto lá de cima o mesmo falou que levariam estes barcos para uma ilha parece que eles estão atrás de uma arma um tridente, pelo pouco que vi em um de seus mapas estes bandidos fariam uma parada em WIdescott...
A jovem via o senhor lhe mostrar seus pulsos amarrados não o respondia o porquê de não querer ir para Widescott.
_ Senhor temos que tentar algo ou morreremos aqui...
Lena tentava se aproximar o capitão para talvez ele pudesse ajuda-lá em algo.
_ Onde ficam as armas nessa embarcação...
avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Razor Wind em Ter Set 25, 2012 3:01 pm

A situação do pequeno garoto era de fato crítica, os escombros certamente estavam pesando por demais sobre o corpo frágil do pequeno e como se isso não fosse o bastante, o acúmulo de remanescentes estava impedindo consideravelmente a entrada de ar.
Ultus não aparentava se desesperar diante da situação, muito pelo contrário, transpassava a impressão de que tudo o que ocorria poderia estar sob seu controle e de fato talvez estivesse. Os olhos azuis fitavam todo o interior da casa, as telhas se despedaçavam conforme caiam no chão e a parede Norte já não estava mais de pé. A única viga que sustentava a casa agora era um empecilho na vida do garoto soterrado e um obstáculo para Ultus Veigh. Sem mais delongas o rapaz de cabelos negros já portando os dois armamentos perfuro-cortantes em mãos utilizava de sua maestria para com os mesmos e, tentava dilacerar todo entulho que estava sobre o garoto. Por ter uma precisão alta, poderia cortar os objetos sem machucar o pequeno.

TESTE DE 3D20 ESCOLHIDO
avatar
Razor Wind

Masculino Escorpião Mensagens : 37
Data de inscrição : 31/05/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Exp:
20/100  (20/100)
HP:
25/25  (25/25)
SP:
14/14  (14/14)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Admin em Ter Set 25, 2012 3:01 pm

O membro 'Razor Wind' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'd20' : 12

--------------------------------

#2 'd20' : 11

--------------------------------

#3 'd20' : 18




For we kill with the skill to survive
It's the eye of the tiger, it's the thrill of the fight
avatar
Admin

Masculino Peixes Mensagens : 667
Data de inscrição : 16/03/2010
Idade : 31
Localização : Nifflihein

Ficha do personagem
Exp:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
HP:
99999999/99999999  (99999999/99999999)
SP:
99999999/99999999  (99999999/99999999)

http://ageoflegends.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Tevesh em Qua Set 26, 2012 12:32 am

@Saphyra

- Então eles estão atrás do tridente... Tolos! O tridente não é nada mais do que uma lenda. Além disso, se ele realmente existisse estaria guardado pelo próprio Tarek, seria idiotice tentar rouba-lo. Você já deve estar familiarizada com a história, mas não custa relembra-la. Tarek era o capitão do navio pirata mais sanguinário que já existiu, e não era um navio comum, sua tripulação era amaldiçoada, eram corpos desalmados vitimas da ira de Godúx, o invisível, eles eram maquinas perfeitas, não sentiam dor nem qualquer tipo de arrependimento, eram assim como Tarek, servos de Godúx. Passariam a eternidade pagando com seu trabalho os favores que pediam ao pequeno demônio. Rez a lenda que foi o preço que Tarek teve que pagar para sobreviver, ser um servo de Godúx e obedecer eternamente suas ordens. Tarek então comandou o navio por centenas e centenas de anos, sendo o mais implacável dos capitães, ele raramente deixava testemunhas de sua presença. Mas um dia Tarek conheceu Lyelt, você deve conhece-la, é a deusa do mar, por assim se dizer. Ela era uma maga que se transformava em enguia para ajudar os marinheiros em dias dificieis. E pelos seus atos heroicos o próprio Nysit a presenteou com um tridente que a permitia controlar os 7 mares. Quando a conheceu, Terek utilizou de todos os recursos que tinha para obter o tridente, tornando-se o Senhor dos Mares e se livrando da sua maldição exercida por Godúx. Dizem que é por isso que hoje é tão mais difícil de navegar que nos tempos antigos. E se for mesmo isso que estão planejando é melhor dar o fora daqui.

Tarek

Não demorou muito e um homem negro desceu as escadas com um vestido em mãos. Ele foi até ela dizendo: - O capitão quer jantar com você, vista isso. - e lhe soltou de seus grilhões, dando um vestido vermelho para ela vestir.

@Razor

Ultus Veigh tinha conseguido salvar a vida do garoto, agora Selena se aproximava e ajudava a levantar o garoto, foi só quando virou para trás que Ultus percebeu quantas pessoas observavam o que tinha acontecido, eram na maioria crianças, meninos e meninas, eram todas órfãos. Eles então voltaram a loja, algumas das crianças já estavam despertas e nem todas a seguiram, porém não havia melhor lugar do que a loja de poções para Selena cuidar da criança.

- Você foi realmente corajoso, não é todo homem que tem tanta iniciativa. - disse Selena, ela tratava de fechar os ferimentos da criança. Nessa hora o gato preto reapareceu, ele andava entre as pernas de Selena, observando Ultus. - Acho que gostou de você.
Rapaz, sempre deixe para o narrador lançar os dados, há um tópico especifico para isso, o que evita tanto o flood como qualquer possível trapaça.
avatar
Tevesh

Masculino Libra Mensagens : 181
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 22

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
35/35  (35/35)
SP:
28/32  (28/32)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Qua Set 26, 2012 5:46 pm

Lena continuava acorrentada ela prestava muita atenção a sua volta principalmente na historia que o capitão falava.
A jovem percebeu que a historia da arma era mais seria do que ela imaginava,lena foi pega de surpresa quando viu um dos ladrões do mar carregando um vestido logo ele estava libertando a jovem das correntes mandando ela colocar o vestido para ir jantar com seu chefe.
lena pegava o vestido se afastava dos demais ali presente procurando um canto entre as caixas ou algo parecido para se trocar de costas para todos ela iria tirar so a parte de cima de sua vestimenta normal colocando o vestido ficaria com suas calças por debaixo do vestido rasgava um pedaço da manga de sua antiga camisa para amarrar ao seu braço no corte que ganhou na luta que teve antes de ser presa, muto sem jeito ja estava vestida,aquilo não adeixava nada confortavel na situação em que ela se encontrava, lena apenas seguia o ladrão do mar,não era hora de lutar ainda.
avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Tevesh em Qui Set 27, 2012 12:01 am

- Que pena que você aceitou, quem não aceita jantar de vestido com o capitão janta sem roupa com os marujos. - disse, dando um leve sorriso. Ele seguiu guiando Lena até onde seria realizado o jantar. Ao chegar no convés ela percebeu como estava escuro, o mar estava calmo, porém ainda haviam muitos homens trabalhando, não deveria ser nada fácil guiar o navio naquele breu.

Ele a conduziu até a parte de trás da embarcação, lá haviam tochas e o ambiente era mais alto e consequentemente mais limpo que o resto do barco. Ele abriu a porta esperando que Lena entrasse. Lá dentro havia uma mesa de jantar toda coberta com comidas suculentas e frescas, parecia que eles tinham tipo um bom roubo afinal. Quando pôs seu pé para dentro ela percebeu Zeus levantando de sua cadeira.

- Você está radiante! - ele disse, puxando uma cadeira para que ela se sentasse. Lá ela poderia observar um quadro na parede.



avatar
Tevesh

Masculino Libra Mensagens : 181
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 22

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
35/35  (35/35)
SP:
28/32  (28/32)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por saphyra odin em Qui Set 27, 2012 2:25 pm

Lena tinha que aturar aqueles desaforos teria que ficar calma por mais que eles estivesem sido reduzidos pelo ataque das sereias ainda assim eram um numero consideravel para uma pessoa os enfrentar.
Lena seguia o ladrão do mar chegando ao conves ela pode ver como estava muito escuro e como eles conseguiam guiar o navio naquele breu.
A jovem foi até a parte de tras da embarcação com toda certeza ali era o melhor lugar do navio, pois era limpo e bem iluminado,logo o ladrão do mar abria a porta para a jovem entrar. quando a mesma viu Zeus se levantando de sua cadeira para recebe-la.
“você esta radiante!“
Puxando uma cadeira para ela sentar ela sentou não o encarava,pois ele poderia perceber em seus olhos prateados toda raiva que ela tinha dele.
Lena olhava para a mesa e via muita comida sobre a mesa,logo prendia sua atenção para o quadro.
_Que quadro é esse e o que você quer comigo,ja não foi o suficiente ter me humilhado e ficado com o meu dinheiro afinal o que mais você quer...
Lena continuava a alhar para o quadro,esperando alguma resposta de zeusde onde ela se encontrava dava para ver em seus olhos prateados que eram mais realçados pela luz do ambiente um brilho de raiva e odio sobre a situação em que se encontrava,isso a deixava mais monstruosa ou bela dependendo de cada pessoa que a observava.
avatar
saphyra odin

Feminino Virgem Mensagens : 43
Data de inscrição : 13/08/2012
Idade : 21

Ficha do personagem
Exp:
0/100  (0/100)
HP:
55/55  (55/55)
SP:
18/18  (18/18)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Razor Wind em Sex Set 28, 2012 2:50 pm

Peço desculpas pelo lançamento dos dados. Eu achei que pra isso existia a opção "lançar dados" o_O Por isso eu mesmo os lancei, não sei como poderia existir uma trapaça nisso, uma vez que o post de lançamento de dados é feito pelo próprio ADM de forma automatica e eu como reles plebeu não tenho o poder de modificá-lo, pensei que estivesse de boa D: Enfim, da próxima eu já conheço o esquema kk


Os cortes eram feitos com tamanha maestria, as lâminas rasgavam os escombros como se fossem pedaços de papel, retalhando-os e retirando-os do caminho de Ultus Veigh. Deveras o jovem de olhos profundos e belos tinha uma capacidade e uma visão do todo um tanto quanto diferenciada o que lhe proporcionara tamanha iniciativa de salvar o garoto soterrado, algo que talvez outras pessoas hesitassem por algum momento ou sequer arriscassem suas vidas em prol de outra. Para Ultus as coisas funcionavem de uma forma diferente, ele salvou o pequeno apenas pelo fato de acreditar que deveria, isso era o bastante para movimentar a sua vontade e suas habilidades. Sua vida não importava, o caos não importava, aqueles que lhe observavam não importava, seu foco na vontade e equilíbrio do mundo eram impressionantes.
Sua atenção em salvar o jovem era consideravelmente alta que sequer notou a presença dos demais que cercavam o local apenas para observar o feito relativamente heróico do púbere. Selena a mulher da loja de poções estava de prontidão para ajudar a levantar o garoto e Ultus num gesto gentil pegava o pequeno em seus braços e carregava-o para fora daquele âmbito, contudo só agora podia ver quantas crianças ali estavam. Uma reunião de orfãos que de maneira esperançosa aguardavam a vinda daquele membro de sua "família". O rapaz de madeixas negras olhava para todos de forma fraternal, enxergava claramente tudo o que se passava na mente daquelas crianças.
Logo, quase todos rumaram para a loja de poções de Selena, era de fato o lugar ideal para tratar das feridas não só do pequeno que outrora encontrava-se na linha tênue entre a vida e a morte, como dos demais que porventura de machucaram durante aquele momento conturbado no cais. Enquanto tratava o ferimento do jovem, Selena dizia:

- Você foi realmente corajoso, não é todo homem que tem tanta iniciativa.

- Era preciso ser feito para que existisse um pouco de equilíbrio. Eu vi nos olhos dessas crianças a dor e o sofrimento de uma vida inteira. Elas perderam tudo o que tinham, não seria justo que a esperança em seus olhos fosse embora e que mais uma vez em suas vidas elas tivessem nada além de lágrimas. Estava na hora de sentirem um pouco de felicidade e de começarem a acreditar neste plano de forma diferente. Talvez isso mude seus destinos...

Nesse instante o gato preto retornava para a loja. Andava sutilmente entre as pernas da mulher que vendia as poções, porém seu olhar estava sempre em Ultus

- Acho que gostou de você.

- Acho que é um animal interessante. Parece entender tudo o que se passa ao redor com a astúcia de um sábio. Hm...
avatar
Razor Wind

Masculino Escorpião Mensagens : 37
Data de inscrição : 31/05/2012
Idade : 27

Ficha do personagem
Exp:
20/100  (20/100)
HP:
25/25  (25/25)
SP:
14/14  (14/14)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mercadores de Avinghampton

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum